Consent Preferences

Cibersegurança: Portugal com média de 1605 ciberataques/semana

Portugal teve em média 1065 ciberataques por semana no 1º trimestre de 2023 conforme indica o estudo da “Check Point Research”.

O estudo revela que as perturbações continuam a fazer-se sentir bastante devido ao aumento de 2% quanto ao 1º trimestre de 2022 e este valor coloca Portugal acima da média europeia na quantidade média de ciberataques sofridos.

No 1º semestre do ano houve em média 2507 ataques por semana no setor de Educação/Investigação (+15% que no mesmo período de 2022) onde 1 em cada 26 organizações sofreu um ataque semanal.

Houve também uma média de 1725 ataques por semana no setor da Administração Pública/Defesa (+3% que no mesmo período de 2022), com cerca de 1 em cada 20 organizações afetadas semanalmente.

O setor da saúde registou a segunda maior subida de número de ataques informáticos, com uma média de 1684 ataques por semana (aproximadamente mais 22% que em 2022), a maior subida registou-se no setor do Retalho, com um aumento de 49% face a 2022, uma média de 1079 ataques por semana.

No relatório de cibersegurança de 2023, a Check Point Research indica que a atribuição de operações de ransomware e o rastreio de ameaças podem complicar-se. O foco estará na limpeza e deteção de vazamento de dados.

A organização pôs em evidência uma mudança para um malware sofisticado cuja função é destruir o sistema comprometido e também aconselha as empresas a tomar medidas adequadas. No 1º trimestre de 2023 cerca de 1 em cada 31 organizações sofreu um ataque informático (ransomware) semanalmente.

 

Alguns conselhos sobre cibersegurança (como evitar ciberataques)

  • Nunca clique em links inseguros – Se não tem a certeza do destino do link (o destino não parece fidedigno), não arrisque.
  • Evite a divulgação de informações pessoais – Vários hackers usam informações pessoais dos utilizadores para fins ilícitos.
  • Não abra anexos de e-mail suspeitos – PDF, imagens, executáveis, vídeos ou outros formatos de ficheiro podem estar infetados com malware.
  • Nunca use pens USB desconhecidas – As mesmas podem conter malware instalado e permitir o acesso remoto por pessoas não autorizadas.
  • Mantenha programas e sistemas operacionais atualizados – Vulnerabilidades de código são amplamente exploradas para aceder de forma ilegal a computadores, sites e outras plataformas. O mesmo é válido para o site (se construído em wordpress).
  • Use apenas fontes de download conhecidas.

Pode consultar conselhos extra no site McAfee.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas