Siga-nos:

Início Qualificação PME

Contacto Rápido

Necessita de Ajuda?

Sinta-se à vontade para contactar-nos. Respondemos à sua mensagem no máximo de 24h.

  • rwd@reward.pt
  • +351 214 410 718
  •    +351 926 465 245

Qualificação PME

O SI Qualificação PME tem como objetivo reforçar a capacitação empresarial das PME através da inovação organizacional, aplicando novos métodos e processos organizacionais e incrementando a flexibilidade e a capacidade de resposta no mercado global, com recurso a investimentos imateriais na área da competitividade.

Qualificação PME REWARD Consulting

Neste programa não são apoiados investimentos de natureza produtiva.

 

São beneficiários desta medida as PME de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.

A NOSSA METODOLOGIA

  • Reunião preliminar | Enquadramento
  • Reuniões intercalares | Levantamento da informação técnica, administrativa, contabilística, fiscal, financeira da empresa e dos investimentos
  • Preparação da candidatura | Descrição técnica do projeto
  • Preparação da candidatura | Estudo de Viabilidade Económico-Financeira
  • Preenchimento e submissão do formulário de candidatura
  • Acompanhamento pós-entrega da candidatura
  • Elaboração, gestão e acompanhamento de pedidos de pagamento
  • Gestão e acompanhamento do encerramento do investimento
  • Acompanhamento de auditorias intercalares e final
  • Gestão e acompanhamento do encerramento do projeto

Garantia REWARD Consulting

OS NOSSOS HONORÁRIOS SÃO 100% BASEADOS NO SUCESSO.

Tipologias de investimentos

  • Inovação organizacional e gestão (e.g. estudos e projetos, melhorias de layout, reforço das capacidades de gestão – contratação de RH ou aquisição de software de gestão);
  • Economia digital e tecnologias de informação e comunicação – TIC (e.g. conceção de vídeo corporativo ou publicidade web);
  • Criação de marcas e design (e.g. registo de marca nacional ou branding de um produto/serviço);
  • Desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processo – melhoria das capacidades de desenvolvimento de produtos, serviços e processos, designadamente pela criação ou reforço das capacidades laboratoriais, excluindo testes de qualidade dos produtos, protótipos e provas de conceito (e.g. aquisição de equipamentos);
  • Proteção de propriedade industrial (e.g. registo de patentes);
  • Qualidade (e.g. certificações para a qualidade do produto, serviços ou processos);
  • Transferência de conhecimento (e.g. consultoria e certificação de SGIDI);
  • Distribuição e logística – introdução de sistemas de informação aplicados a novos métodos de distribuição e logística;
  • Eco-inovação (ecoeficiência, certificação de sistemas, Rótulo Ecológico e EMAS);
  • Formação profissional diretamente associada à operação de investimento em causa.

Critérios de elegibilidade dos projetos

  • Data de candidatura anterior à data de início dos trabalhos;
  • Ser sustentado por uma análise estratégica da empresa;
  • Demonstrar que se encontram asseguradas as fontes de financiamento;
  • Ter uma duração máxima de execução de 24 meses;
  • Iniciar a execução no prazo máximo de 6 meses após a comunicação da decisão;
  • Quando inserido numa nova atividade económica, demonstrar na conclusão do mesmo, a existência de volume de negócios associado a essa atividade;
  • Despesa elegível mínima de 25.000€.

Critérios de elegibilidade dos beneficiários

  • Empresa PME – comprovado através do certificado eletrónico do IAPMEI;
  • Terem situação tributária e contributiva regularizada;
  • Possuírem, ou poderem assegurar até à aprovação, os meios técnicos, físicos e financeiros e os RH necessários ao projeto;
  • Dispor de contabilidade organizada;
  • Não ser uma empresa em dificuldade;
  • Declarar que não se trata de uma empresa sujeita a injunção de recuperação, ainda pendente;
  • Declarar que não tem salários em atraso;
  • Apresentar uma situação económico-financeira equilibrada (AF ≥ 0,15);
  • Terem concluído os projetos anteriormente aprovados.

Despesas elegíveis

  • Aquisições para aplicação de novos métodos organizacionais, com uso exclusivo:
    • Equipamentos relacionados com o desenvolvimento do projeto;
    • Software relacionado com o desenvolvimento do projeto;
    • Custo com a contratação de 2 novos quadros técnicos com competências específicas na área de inovação (nível QNQ ≥ 6), até ao máximo de 1.850€ para o salário base, no período máximo de 24 meses, e registando-se criação líquida dos postos de trabalho.
  • Serviços especializados de consultoria externa, relacionados com:
    • Custos com TOC/ROC na validação da despesa dos pedidos de pagamento até ao limite de 5.000€;
    • Assistência técnica, estudos, diagnósticos e auditorias;
    • Custos com a entidade certificadora e com a realização de testes e ensaios em laboratórios acreditados;
    • Custos de conceção e registo de novos marcas ou coleções;
    • Custos iniciais associados e.g. à domiciliação de aplicações.
  • Obtenção, validação e defesa de patentes.

Incentivo

Taxas de incentivo: taxa base máxima de 45% aplicada às despesas elegíveis, com exceção do PO Lisboa cuja taxa máxima é de 40%

 

Incentivo não reembolsável, sendo aplicado o limite de 500.000€ por projeto.