Consent Preferences

Contabilidade, Consultoria de Gestão, Candidaturas SIFIDE, PRR, PT2030, IFR - Paço de Arcos, Oeiras, Lisboa

Empresas que não adiram ao mundo virtual podem ser ultrapassadas

O estudo “Consumer Pulse Survey” divulgou que as empresas que não adiram ao mundo virtual podem ser ultrapassadas. Isto deve-se a um interesse crescente do consumidor pelo “mundo virtual”.

Neste estudo participaram acima de 11 mil consumidores numa amostra de 16 países, 64% do total referiu ter comprado um bem digital ou ter feito parte de uma experiência ou serviço virtual durante 2021. 83% da amostra revelou interesse em fazer compras no metaverso.

O Consumer Pulse Survey refere que 42% dos entrevistados afirma ter visitado uma loja no mundo virtual para aconselhamento, pagar, ver produtos ou comprar um bem físico. Já 56& pretende fazê-lo no ano seguinte. Quanto aos millenials, as percentagens aumentam para 51% e 61%.

É concluído ainda que a era do metaverso já começou, portanto, para as empresas de consumo, a questão é de que modo irão entrar no metaverso.

Os retalhistas e marcas necessitam repensar e delinear novas experiências imersivas para os consumidores. Para além de novas oportunidades de venda, o metaverso pode ser uma ferramenta de fidelização de clientes com experiências distintas.

Nesse sentido, as organizações podem gerar experiências personalizadas com ofertas de eventos de compras “live” em que os consumidores podem conviver com um embaixador de marca e, num provador virtual, experimentar algo, adicionar ao carrinho e concluir a compra.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas