Consent Preferences

Estudo Católica-Lisbon sobre impacto dos créditos fiscais à I&D distinguido pela FCT

Novembro 21, 2023

O estudo da Católica-Lisbon sobre o impacto dos créditos fiscais à I&D, ou Investigação e Desenvolvimento, nas empresas e os seus colaboradores em Portugal foi distinguido com o prémio “Impacto da Ciência na Economia e na Sociedade em Portugal”.

O estudo em questão desenvolvido pela Católica-Lisbon tem o título “Emprego vs eficiência: Que empresas devem ser alvo dos créditos fiscais de I&D?”. Este foi premiado numa iniciativa do Gabinete de Estratégia e Estudos apoiada pela FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

O estudo “Emprego vs eficiência: Que empresas devem ser alvo dos créditos fiscais de I&D?” revela que os créditos fiscais à investigação e desenvolvimento impactam significativamente o estímulo à inovação no setor privado e, consequentemente, o desempenho empresarial e emprego. O estudo explora a forma como os créditos afetam as empresas, ao analisar áreas como:

  • Adoção de tecnologias;
  • Indicadores de desempenho;
  • Composição da força de trabalho;
  • Dimensão das empresas envolvidas nesta dinâmica.

O estudo sobre o impacto dos créditos fiscais à I&D concluiu que os créditos fiscais têm capacidade de impulsionar os investimentos relacionados com I&D durante o período de financiamento, no entanto não tem tal capacidade após o término desse período.

Conclui também que as grandes empresas tiveram um aumento de produtividade e eficiência sem um crescimento substancial do emprego, devido a mudanças estruturais (maior proporção de colaboradores qualificados e maior adoção tecnológica).

Por seu lado, as PME aumentam o emprego e escala de produção, mas não aumentaram a sua eficiência e produtividade.

Estas conclusões põem em evidência que os programas de crédito fiscal à I&D que se destinam a grandes empresas tendem a traduzir-se em otimizações de eficiência e produtividade, com efeitos limitados no emprego. Já os programas destinados a PME podem aumentar o emprego, mas o seu impacto nas melhorias de produtividade e eficiência é limitado.

“Emprego vs eficiência: Que empresas devem ser alvo dos créditos fiscais de I&D?”

Os criadores deste estudo são Joana Silva e Anna Bernard (professoras da Católica-Lisbon, também diretora e vice-diretora do Centro de Conhecimento de Economia para a Prosperidade da Católica-Lisbon, ou PROSPER) e Rahim Lila (economista na consultora canadiana Charles Rivers Associate). O projeto em questão desenvolve a análise que foi iniciada durante a tese de mestrado de Rahim Lila, co-orientada por Anna Bernard e Joana Silva.

Joana Silva indicou que “receber o prémio para a melhor investigação de Impacto da Ciência na Economia e na Sociedade e Portugal deixa-nos muito orgulhosos. Este prémio destaca o impacto nacional do nosso trabalho e do centro de investigação PROSPER. É um reconhecimento da competência e dos contributos valiosos dos professores e alunos da Católica. A natureza competitiva do prémio reforça o seu percurso académico e amplia o reconhecimento atribuído ao PROSPER”.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas