Consent Preferences

Desempregados inscritos nos centros de emprego aumentam 3,5% em dezembro 2023

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego do IEFP aumentou em dezembro de 2023 para o total de 317659. Este número representa uma subida de 3,5% no período homólogo e o 6º mês seguidos de crescimento do número de desempregados.

Os dados foram divulgados pelo IEFP a 22 de janeiro 2024 e refletem o número de pessoas em situação de desemprego, registadas nos centros do Instituto do Emprego e Formação Profissional do continente e regiões autónomas.

Este número representa aproximadamente 67,71% do total de pedidos de emprego em Portugal, 473394 pedidos no total. Tal valor representa também um acréscimo de 3,5% face a dezembro 2022 (período homólogo) e de 1,7% relativamente ao mês anterior (novembro 2023).

O IEFP aponta que para o aumento do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2022, na variação absoluta, contribuíram os inscritos há menos de 12 meses (+17442 pessoas), os detentores do ensino secundário (+14524 pessoas) e os que procuram um novo emprego (+10412 pessoas).

Por sua vez, o número de jovens desempregados inscritos no IEFP aumentou 7,7% em dezembro 2023 face ao mesmo período do ano transato, um aumento de 2.482 pessoas.

A nível regional, o desemprego aumentou em termos homólogos na região continental, com o maior valor registado situado na região do Alentejo (+9.6%). No entanto o inverso verificou-se nas R.A. Madeira (-24%) e na R.A. Açores (-14.8%).

Durante dezembro 2023 foram inscritos no serviços de emprego do IEFP em Portugal 44082 desempregados, um número maior que o registado em dezembro 2022 e inferior a novembro.

Os grupos profissionais mais representados pelos desempregados inscritos no continente eram:

  • Trabalhadores não qualificados – 27,8%,
  • Trabalhadores dos serviços pessoais, proteção de segurança e vendedores – 20,3%,
  • Pessoal administrativo – 11,5%,
  • Trabalhadores qualificados da indústria, construção e artífices – 10%.

Quanto aos 3 principais setores económicos, a evolução do desemprego em Portugal foi a seguinte:

  • Setor primário (agricultura) – +2.9%,
  • Setor secundário (indústria) – +6.4%,
  • Setor terciário (serviços) – +4.9%.

No fim de 2023 existiam 10353 ofertas de emprego sem candidatos presentes no IEFP, o que representa um decréscimo no número de ofertas em 9.4% face a 2022.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Alguma questão? Fale connosco

A nossa equipa de consultores de sistemas de incentivos pode avaliar o potencial da sua empresa e/ou projeto.
Contacte-nos e receba um pré-diagnóstico gratuito.

Notícias Relacionadas