Consent Preferences

Contabilidade, Consultoria de Gestão, Candidaturas SIFIDE, PRR, PT2030, IFR - Paço de Arcos, Oeiras, Lisboa

Projetos das Agendas Mobilizadoras não serão excluídos por falta de financiamento

Julho 26, 2022

Nenhum dos projetos de inovação candidatos às Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial será excluído devido a falta de financiamento. Esta foi uma garantia dada por António Costa, primeiro-ministro de Portugal.

 

Na cerimónia de celebração da assinatura dos primeiros contratos do programa “Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial” (financiado pelo PRR – Plano de Recuperação e Resiliência) foram assinados 13 contratos de financiamento com consórcios entre empresas e entidades científicas/tecnológicas.

 

O primeiro-ministro referiu que a reação do tecido empresarial e do ecossistema científico nacional tem sido uma agradável surpresa, pois vários projetos de diferentes setores (biotecnologia, mobilidade elétrica, agroalimentar, outros) se candidataram a este programa que poderá alterar o perfil da economia de Portugal.

 

António Costa considera que o júri foi muito exigente, pois dos 64 consórcios foram selecionados 51, pelo que alguns consórcios se encontram em fase de reclamação. Menciona também que não será por falta de recursos financeiros que os projetos serão realizados.

 

Foi ainda proposta a realização de encontros de periodicidade anual para ponto de situação destes projetos, que devem ser concretizados até 31 de dezembro 2026. Esses encontros irão reforçar a responsabilidade e confiança dos próprios no uso das verbas disponibilizadas pela UE.

 

Os consórcios selecionados (51 até ao momento) são constituídos por 1226 entidades, das quais 933 são empresas (60% PME) e por 111 entidades do ensino superior e sistema científico/tecnológico.

 

Embora estejam previstos 930 milhões de euros do PRR para o financiamento das Agendas Mobilizadoras, é possível que a verba possa ser incrementada em 2.300 milhões de euros sob a forma de empréstimos.

 

A assinatura dos primeiros contratos das Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial sucede 6 meses mais cedo do que o prazo estipulado entre a Comissão Europeia e o Governo de Portugal.

 

As empresas apoiadas pelas Agendas Mobilizadoras receberão uma transferência inicial de 13% do valor total. Nos próximos meses chegarão cerca de 300 milhões de euros para as empresas.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Alguma questão? Fale connosco

A nossa equipa de consultores de sistemas de incentivos pode avaliar o potencial da sua empresa e/ou projeto.
Contacte-nos e receba um pré-diagnóstico gratuito.

Notícias Relacionadas