Consent Preferences

19ª COTEC Innovation Summit

Julho 4, 2022

A 19ª edição COTEC Innovation Summit, em Aveiro, juntou figuras de vários quadrantes da economia durante 2 dias. A ideia principal é a necessidade de inovação para que Portugal não se perca do caminho do crescimento global e possa aproveitar o seu potencial.

O investimento nacional em I&D em percentagem de PIB (1,58%) é inferior à média da UE (2,32), pelo que Portugal está em 19º lugar do European Innovation Scoreboard da Comissão Europeia. Para chegar aos seus objetivos, Portugal necessita atingir os 3% de PIB até 2030.

Em 2020 a despesa relacionada com Investigação e Desenvolvimento ultrapassou os 3 mil milhões de euros pela primeira vez, um aumento de 211 milhões de euros relativamente a 2019 (dados de 2021 do Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia).

Os participantes do evento consideram que a inovação não vai parar, pelo que se deve replicar o que é feito no campo corporativo na produção industrial. A realidade aumentada, IA, IoT e outros elementos são cada vez mais usados na produção industrial.

O surgimento do 5G veio impulsionar substancialmente o uso destas novas tecnologias pois garante o nível de qualidade e capacidade exigidos para as aplicações industriais. Estima-se que o impacto do 5G no crescimento em Portugal seja de 17 mil milhões de euros.

No entanto, Ricardo Moreira indica que não é a tecnologia em si que faz a diferença, mas sim a abordagem. Marco Ferraz mencionou a importância dos CoLAB, que possibilitam entender as necessidades da indústria e ter os principais stakeholders da academia.

Os empresários devem dar resposta aos desafios apresentados e às possibilidades de otimização de negócio existentes e os decisores públicos devem conceder as melhores condições para que a inovação ganhe força e que a economia nacional tenha uma maior exposição.

O investimento em infraestruturas também está na rota da internacionalização, pelo que o vice-presidente do conselho de administração CP assume que existe muito trabalho pela frente para modernizar a rede ferroviária nacional e na abertura de novas linhas.

Já o vice-presidente da IP reforça que tem sido um grande investimento para melhorar as ligações entre o comercio internacional dos portos e os acessos a Espanha. O plano Ferrovia 2020 tem 85% do total dos fundos em execução (2 mil milhões de euros).

Outras informações relevantes e dados estatísticos foram revelados no evento. Tais como:

  • Valor contemplado nas Agendas para a Inovação Empresarial PRR: 3.000.000.000€
  • Posição de Portugal no Ranking de Competitividade Mundial (63 países): 42º
  • Dióxido de carbono emitido em Portugal em 2020: 58.000.000 toneladas
siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas