Consent Preferences

Contabilidade, Consultoria de Gestão, Candidaturas SIFIDE, PRR, PT2030, IFR - Paço de Arcos, Oeiras, Lisboa

Portugal é dos países da UE com menos gastos em I&D

Agosto 3, 2022

Portugal foi o 9º país da União Europeia com menores gastos em Investigação e Desenvolvimento (I&D) durante 2021.

Os dados publicados pelo Eurostat reportam que as dotações governamentais para I&D em 2021 correspondem a 75,6 euros por pessoa, um valor abaixo da média da UE (244,3 euros por pessoa).

 

No entanto, o valor dos gastos de Portugal em I&D é ligeiramente superior ao valor registado em 2020, que se situa nos 72 euros por pessoa. Já a média comunitária de 2020 situa-se em 229,8 euros por pessoa.

 

Os Estados-membros da União Europeia que registam as dotações de orçamento de I&D por pessoa inferiores a Portugal em 2021 foram:

  • Roménia (19 euros),
  • Bulgária (24,1 euros),
  • Letónia (44,6 euros),
  • Hungria (59,8 euros),
  • Polónia (61,8 euros),
  • Lituânia (62,5 euros),
  • Malta (68,5 euros),
  • Eslováquia (71,6 euros)

 

No extremo oposto da lista, com as dotações mais elevadas, está Luxemburgo (689,1 euros), Dinamarca (530 euros) e Alemanha (470,9 euros).

 

O total das dotações governamentais destinadas a I&D na União Europeia era de 109,3 milhões de euros em 2021. Esse montante é similar a 0,8% do PIB comunitário e um aumento de 6% face a 2020 (102,8 milhões de euros).

 

A Investigação e Desenvolvimento é um pilar central para várias políticas da UE e de Portugal, pois permite aumentar a competitividade das empresas e das economias europeias.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas