Consent Preferences

Contabilidade, Consultoria de Gestão, Candidaturas SIFIDE, PRR, PT2030, IFR - Paço de Arcos, Oeiras, Lisboa

Portugal subiu ao 16º lugar no ranking digital da UE

Novembro 23, 2021

Tópicos do Artigo

Em 2021 Portugal subiu ao 16º lugar no ranking digital da UE, nomeadamente no Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade (IDES). A subida de 3 lugares no ranking que partilhamos com os outros 26 Estados-membro foi divulgada pela Comissão Europeia.

Este ano houve um ajustamento para refletir as duas principais iniciativas políticas com impacto na transformação digital da EU, o Mecanismo de Recuperação e Resiliência (RR) e as Orientações para a Digitalização da Europa a ocorrer na próxima década.

Existem 33 indicadores de 4 dimensões que constituem o IDES, são o capital humano, conectividade, empresas e serviços públicos. Portugal subiu em termos absolutos em 13 desses indicadores comparativamente a 2020, ano do início da pandemia COVID-19.

Segundo o relatório da Comissão Europeia Portugal registou um aumento significativo da percentagem de especialistas em TIC, aproximando-se da média da União Europeia.

Quanto à conectividade, a Comissão Europeia indica que Portugal apresenta um bom desempenho no ranking digital da UE em matéria de cobertura de VHCN, rede de capacidade muito elevada, e de banda larga rápida. No entanto adverte que continua a ser necessário um esforço adicional para garantir que a cobertura de VHCN e a adoção de banda larga móvel sejam uma realidade para todas as famílias e nas zonas rurais.

A adesão à banda larga fixa de no mínimo 100Mbps em Portugal aumentou de 56% para 63%, o que eleva o país em relação à média da União Europeia (34%), mas Portugal tem atrasos na adesão à banda larga móvel.

O atraso na implementação do 5G também é referido no relatório, sendo dadas recomendações no sentido de alavancar a implementação de 5G em Portugal.

Quanto às empresas é indicado que há uma percentagem de 51% de empresas portuguesas com nível básico de intensidade digital (abaixo da média da EU de 60%) e que a percentagem do uso de TIC para sustentabilidade ambiental de PME e o uso de IA são acima da média da UE.

A quantidade de empresas que usa serviços na Cloud subiu em relação a 2020 e Portugal está entre os primeiros lugares da UE quanto aos serviços públicos digitais, pelo que tem um desempenho superior à média comunitária quanto ao uso de formulários pré-preenchidos em linha e de serviços digitais para o público e empresas.

A melhoria de competências digitais permanece uma prioridade para Portugal, tal como consta no PRR, que tem iniciativas para diversos grupos da população.

siga a reward consulting em google newssiga a reward consulting em google news

Notícias Relacionadas